Espero que possamos trabalhar juntos, porque eu amo todas essas funções que exerço, e realizo trabalhos nessas áreas com toda a dedicação possível, sempre buscando o melhor resultado! Grande abraço e até nosso próximo projeto!

Matheus GePeto
(+55) 3198850.3430
matheusgeppetto@gmail.com

Trabalhos como Cineasta

Trabalhos como Cineasta

Na área de cinema de captação direta (live action), faço trabalhos em direção, assistência de direção, roteiro, filmagem e montagem/edição, em plataformas como cinema, videoclipes, cobertura de eventos e palestras, publicidade, festas, peças e convites de aniversário, além de aulas sobre o fazer cinematográfico. Além da prática nessas áreas, sou capacitado para produzir material acadêmico e teórico da mesma.

Minha experiência se dá em matérias teóricas e práticas que realizei na graduação em Cinema de Animação e Artes Digitais da UFMG (concluída em 2016/ 1º), nos estágios que fiz por lá, cursos da área e em trabalhos como freelancer. Quanto a teoria, além de ter escrito a monografia “A AUTO-DIREÇÃO CINEMATOGRÁFICA – Considerações sobre dirigir, roteirizar e atuar no próprio filme”, fui bolsista na FAE/UFMG em projeto onde produzimos artigos e dávamos aulas que relacionavam filosofia, educação e cinema.

Fui monitor da matéria “ator e jogo de câmera”, nos anos de 2014 e 2015 na Escola de Belas Artes/UFMG. Ministrada pelo prof. Rafael Conde, divide a turma de alunos dos cursos de teatro e cinema em grupos, que realizam quatro curtas metragens por semestre.

Realizei o videoclipe “Às Vezes” de Tulipa Ruiz, que foi um dos vencedores do festival de clipes e bandas na categoria “Prêmio do Júri” em 2015, como um dos diretores e roteiristas.

Fui assistente de direção do curta “Bili com limão verde na mão”, dirigido por Rafael Conde, e segundo assistente de direção do curta “A Brincadeira”, que também teve Rafael na direção e estão percorrendo diversos festivais atualmente.


2015 – Videoclipe “Às Vezes” para Tulipa Ruiz
FESTIVAL DE CLIPES E BANDAS

Função que exerci: roteirista e diretor junto de Louis Poague e ator emprestando minhas expressões faciais para o manequim – Vencedor do festival de clipes e bandas na categoria prêmio do Júri.

A vida de uma manequim muda drasticamente quando seu marido decide se tornar aquilo que não o é. Videoclipes Projetados: “Tulipa Ruiz – É” e “Tulipa Ruiz – Às Vezes (versão estúdio)”

Vencedor do Festival de Clipes e Bandas na Categoria Prêmio do Juri do concurso para videoclipe da música “Às vezes”, da cantora Tulipa Ruiz.
Ficha técnica:
Roteiro e direção: Louis Poague e Matheus GePeto
Montagem e edição: Flávia Brandão.
Figurino: Michelle Barreto e Carol França
Produção: Michelle Barreto
Direção de fotografia e finalização: Carlos Daniel
Atores: Carol França, Michelle Barreto e Matheus GePeto
Agradecimentos: Bar Bocaiuvas, Claudia e Elisamara – Loja Tripúdio,
Maria Lúcia -Lojas Giovanna, Alexandre de Sena, Cezar Frank, aos amigos e demais pessoas que nos apoiaram votando, divulgando e compartilhando o videoclipe.

Veja o videoclipe

2015 *Em fase de pós produção – De Portas Fechadas
UFMG

Papéis em que atuo: Como roteirista, ator, co-diretor e storyboarder.
Trata-se de uma livre adaptação da peça ‘Entre quatro paredes’, de Jean Paul Sartre. Utilizamos várias referências para sua estética, entre elas o filme Persona (1966), de Ingmar Bergman e o Ensaio sobre a Cegueira (2008) de Fernando Meirelles, para desenvolver a história do triangulo entre Inês, Garcin, e Estelle, e as consequências da situação a qual estão submetidos.

Ficha técnica:
Direção: Louis Poague
Co-Direção: Matheus GePeto;
Roteiro & Storyboard: Louis Poague e Matheus GePeto (livre adaptação de “entre quatro paredes”, de Sartre.)
Montagem e Edição: Flávia Brandão
Direção de Fotografia, pós produção: Carlos Daniel;
Captação direta & Edição de som: Luana Chaves;
Atuação: Adriana França (Estelle), Carolina França (Inês), Matheus GePeto (Garcin);
Preparação corporal de elenco: Thales Brenner Ventura;
Finalização: Carlos Daniel;
Produção: Tamara Brandt
Figurino: Carolina França, Adriana França e Flávia Brandão
Trilha do curta: “Rues des Blancs-Manteaux” de Marc Almond, ” La rue des Blancs-Manteaux” de Juliette Gréco

Veja o curta

2014- Videoclipe Vida desperta – teaser do projeto de curta metragem “Delírio”
UFMG

Funções que exerci: roteirista, diretor, diretor de arte e letrista da música “vida desperta”.

Esse videoclipe da música “Vida Desperta”, também é um teaser de um projeto muito maior de um curta de terror chamado “Delírio”, que pretendemos produzir futuramente.
Delírio irá contar a história de Dr. Petrov, um cientista que descobriu uma técnica capaz de transferir os talentos de um ser humano para o outro, no Brasil dos anos 50.
Roteiro e Direção:
Louis Poague
Matheus GePeto


Música “Vida Desperta”
Composição: Samuel Nogueira
Letra: Matheus GePeto
Intérprete: Carolina França
Selecionado para o “5’cine tela aberta” e para “Enearte Santa Maria” em 2015.

Veja o curta

2017 – A brincadeira
Filmegraph

Função que exerci: Segundo assistente de direção
Ivan e Nádia passeiam numa montanha coberta de neve. Ivan convida Nádia para descer a ladeira com ele, em seu trenó. Uma brincadeira sobre as palavras e o amor
da obra de Anton Tchekhov

Com Maria Bonome e Rafael Protzner
Direção e adaptação: Rafael Conde
Assistente direção: Júlio Vianna
2o Assistente direção: Matheus GePeto
Diretor de Fotografia: Luis Abramo
Assistente de Câmera: Roger Fernandes
Técnico de som: Gustavo Fioravante
Montagem: Bruno Pacheco, Rafael Conde
Finalização de imagem: Bruno Pacheco
Trilha sonora Edição de som e Mixagem: Pedro Durães
Diretora de Produção: Gisela Mangeon
Diretores de Arte: Gisela Mangeon eRafael Conde

Veja o curta

2016- Bili com Limão verde na mão.

Função que exerci: Assistente de direção

Entre um universo rural e urbano, Bili vive um rito de passagem da infância para o mundo adulto. Aborrecida, Bili sai de casa meio fugida e vai visitar o sítio do Avô do outro lado da cidade, da estrada e do campo. Nesse percurso, Bili, ao lado de seu escudeiro Limão Verde, vai vivenciar em um dia o trajeto que poderia ser de uma vida inteira. Bili é um conto infantil para adultos e está repleto da magia, do silêncio e brincadeiras poéticas de Décio Pignatari.
Bili trabalha com profissionais do mundo da animação em stop-motion e pixilation mesclados com trechos em captação direta.


Ficha Técnica Completa:
Adaptação e direção: RAFAEL CONDE
Atriz SARA NÃO TEM NOME
Produtora executiva GISELA MANGEON
Fotografia ALEXANDRE BAXTER
Direção de animação GIULIANA DANZA
Direção de arte MARIANA ROCHA
Objetos animados DANIEL HERTHEL
Técnico de som GUSTAVO FIORAVANTE
Montagem FILIPE C. STORCK
Animador, letreiros e efeitos de imagem LUIZ HENRIQUE MARQUES
Canção original SARA NÃO TEM NOME
Arranjo, trilha musical e ruídos PEDRO DURÃES
Ruídos animados SAMUEL NOGUEIRA
Edição de som e mixagem LUIZ ADELMO MANZANO, ABC
Assistente edição de som ROSANA STEFANONI
Assistente direção MATHEUS GePeto
Continuidade SÉRGIO RAMOS
Preparação corporal MÔNICA RIBEIRO
Vendedor de balões RONALDO LAZZAROTTI
Produção arte Casa Branca LILA LESSA
Assistente produção ROBERTA ARAÚJO
Câmera GUSTAVO BAXTER
Eletricista PAULO SÉRGIO
Maquinista ANDREW SANTOS
Assistente elétrica e maquinaria JEFERSON DE OLIVEIRA
Advocacia e prestação de contas DIANA GEBRIM
Motoristas MARCINHO JAQUES MENDES KAIO CÉSAR
Apresentado no festival de Tiradentes, no Primeira Janela – Festival de Cinema Infantojuvenil de Porto Alegre, Festival CineMúsica de Conservatória, 14o. Festival Internacional de Cinema Infantil e festival MUMIA.

Veja o trailer

2015- Vídeo de aniversário do André

Prod. Independente

Funções que exerci:  Filmagem, montagem e edição.

Vídeo que fiz para o aniversário dos oito anos do André. Realizo também filmagem e edição em eventos, tais como aniversários.

Música do vídeo: [Creative Commons – Noncommercial Sampling Plus License]
My Morning Jacket – One Big Holiday

Veja o curta

Para conferir meu currículo e portfólio completos em cinema, clique no botão abaixo!

Veja meu currículo
Info
Category:

Illustration

Date:

04/07/2017

Matheus GePeto

Todo dia, é dia de ser a diferença.